Artigos e Psicografias: Psicografias: 2016 - Grupo da Paz 02/04/2016

Artigos e Psicografias > Psicografias

2016 - Grupo da Paz 02/04/2016

Num dia, num lugar bem distante, num passado bem remoto, esse jovem casal se uniu.

Unidos após vidas, tempos após tempos, experiências pós experiências, as reencarnações que ambos viveram, reforçam e enfatizam a beleza da vida, a sequência que a morte lhes proporciona, o após contínuo.

Estamos aqui, fazendo a representação, em sentido figurado, da riqueza que Deus nos proporciona, quando afirmamos nossos laços, quando estreitamos nossos vínculos, quando exploramos as dores e os amores de nossos corações.

Um jovem casal, representa o início de tudo.

A transformação da imaturidade, em maturidade.

A execução do livre arbítrio que provoca a Lei mais conhecida dos tempos: ação e reação.

A experiência de vivermos com nossos sonhos e convicções, aprendemos a exercer o perdão, a amar sem medo de ser feliz.

Este casal necessita de ajuda. Ele pode representar cada um de nós. Quem aqui não tem ou nunca teve um anjo-amigo, um par, um confidente, um companheiro, um irmão?... Alguém que depositamos nossas expectativas, nossos sonhos, novas ilusões.

Quem aqui, ainda não viveu desilusões, amarguras, frustações e um sofrimento que no momento lhes pareceu infindável, inimaginável?

Um casal é uma dupla.

Todos necessitam de alguém.

Todos necessitam de um ombro amigo.

Todos necessitam de amizade, caridade e doação.

A experiência que vocês passam nesta encarnação, se traduz em resgates e oportunidades de ser grande amigo, de ser formador de um casal espiritual, e assim, permitam-se a oportunidade que lhes está sendo dada de REVIVER!

Re-viver de forma mais branda.

Re-viver de forma mais gentil.

Re-viver de forma mais espiritualizada.

Laços, vínculos, casais espirituais se formam por aceitação mútua, por comunicação pura, religiosidade fundamentada, por princípio e necessidade de se ser FELIZ.

Esse casal, que hoje está  furiado nas estrelas do céu, que um dia viveu e experenciou o que muitos, bate palmas para todo o esforço e toda a boa vontade que estão nesse instante introjetando.

Vamos agradecer a oportunidade de termos visto este tão belo, esclarecedor e real quadro.

Vamos estende-lo e explorá-lo, e assim, manter a obra e união que nos propusemos a viver.

Jovens casais, velhos casais, amigos irmãos, espíritos em ascensão, nós, vós, todos!

Todos filhos de um Pai único, que permite a cada um de seus filhos, a emancipação, ...

Emancipação por seus valores, por seus princípios, por suas escolhas... por si só!

Amem-se a seus pares! mentores conjugais, irmãos, pais, amigos, filhos...

Sejam plenamente felizes, realizados e sigam em paz.

Com amor fraterno

 

Pai Preto